Login para sua conta

Usuário *
Senha *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com asterístico (*) são obrigatórios.
Nome *
Usuário *
Senha *
Repetir senha *
E-mail *
Repetir e-mail *
Captcha *
Reload Captcha

BR-156 Sul - mobilização da obra será em 15 de junho Destaque

O Comando do Exército, através do Departamento de Engenharia, já autorizou e o 8º Batalhão de Engenharia e Construção (8º BEC) vai enviar já na próxima semana uma missão de reconhecimento do Lote 1 da obra de pavimentação da BR 156, em seu trecho Macapá-Laranjal do Jari. Trata-se de uma das obras mais antigas de construção de rodovias federais em andamento no Brasil e fruto de um compromisso do novo comandante do Exército, general Paulo Sérgio Oliveira, transmitido ao senador Davi Alcolumbre (DEM/AP), tão logo assumiu o cargo máximo da corporação, designado pelo presidente Jair Bolsonaro.

Sucessor de Paulo Sérgio no Comando Militar do Norte, o general Sérgio da Costa Negraes confirmou que após a deliberação do Alto Comando, o Departamento de Engenharia e Construção, localizado em Brasília, deverá iniciar a chamada mobilização da obra no dia 15 de junho deste ano. “A obra deverá ser do 8º Batalhão de Engenharia e Construção, cuja sede fica na cidade de Santarém, no Pará”, disse o general de quatro estrelas que comanda a Amazônia Oriental no EB.

Amazônida

A reunião do general Paulo Sérgio e o senador Davi Alcolumbre, durante as trativas sobre a obra no Amapá | Foto: EBEm Macapá, o portal ConexaoBrasilia.com conversou com o senador Davi Alcolumbre. Ele lembrou que fez questão de despachar esse assunto com o novo comandante do Exército, general Paulo Sérgio, logo que assumiu o cargo. “Trata-se de um grande conhecedor dos problemas da região Norte, em função de posições ocupadas em nossa terra como, por exemplo, chefe do Estado Maior do Comando Militar da Amazônia e ter sido também o comandante do Comando Militar do Norte, em Belém”, recorda o parlamentar

Para Alcolumbre, como amazônida, reconhece a importância da presença do Exército na região, como vetor de segurança, desenvolvimento e assistência às populações. “Por isto venho tratando com o Exército Brasileiro já há algum tempo sobre a possibilidade de termos homens e máquinas trabalhando nas obras da BR-156 no trecho sul – Macapá/Laranjal do Jari. Ter a presença do Exército nos próximos meses tocando a obra, com canteiro montado, significa um grande avanço para todos nós. O trabalho segue firme e nós vamos conseguir resolver um problema de décadas e acabar com essa obra parada que tanto atrasa o nosso desenvolvimento”, disse o senador.

Engenharia

O Departamento de Engenharia e Construção (DEC) planeja, orienta, coordena e controla obras de engenharia em todo o Brasil | Foto: EBPor fim, Alcolumbre registrou, mais uma vez, toda sua admiração ao general Paulo Sérgio, pela sua condição de liderança, fundamental em toda sociedade e especialmente valiosa para a nação brasileira nestes dias atuais. “Sei que em seu coração leva um pedaço do meu Amapá”, concluiu Davi.

Fonte: Conexão Brasília

Avalie este item
(0 votos)

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Tendências

Tweets Recentes

Peixe boi evoluído e já saindo da água. https://t.co/Rlxgs7VkKU
Auditoria nas contas da Seguradora Líder, responsável pela gestão do seguro DPVAT, questionou uma série de procedim… https://t.co/CUEoWfoDZ6
Sapo mesmo ou Rãs? https://t.co/9soFgxgFr5
Follow Juliano Cunha on Twitter

Foto Notícias

Amapá recebe 6,8 mil doses da CoronaVac e 8,1 mil da Pfizer

Aneel estende por 90 dias proibição de corte de energia

Chapa 56 vence a eleição do Simsepeap em Laranjal do Jari

Covid-19: Laranjal do Jari vai vacinar população em geral acima de 40 anos

Árvore cai em barraco de castanheiros próximo a comunidade de São Padro do Cajari.

Quatro pessoas morrem após caírem dentro de poço em Almeirim; entenda

Avião que desapareceu com piloto resgatado após 36 dias é investigado em esquema de tráfico internacional de drogas

Covid-19: Laranjal do Jari segue vacinação pessoas acima de 50 anos de idade

Condenado pela justiça é preso pela polícia no Jari