Login para sua conta

Usuário *
Senha *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com asterístico (*) são obrigatórios.
Nome *
Usuário *
Senha *
Repetir senha *
E-mail *
Repetir e-mail *
Captcha *
Reload Captcha

Equatorial Energia assume serviços de distribuição de eletricidade no Amapá Destaque

Nesta terça-feira (23), uma cerimônia no Palácio do Setentrião repassou o controle da Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) do governo do Estado para a responsabilidade do grupo Equatorial Energia. O processo encerrou a transição da desestatização da empresa.

Equatorial Energia foi a vencedora do leilão realizado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), em junho. A empresa deve gerir a partir de agora todo o serviço de distribuição de energia no Amapá.

O grupo atende mais de 20% de todo o território nacional, e possui representações nos estados do Maranhão, Pará, Alagoas, Piauí e no Rio Grande do Sul.

A cerimônia contou com a participação do governador Waldez Góes (PDT), dos representantes do BNDES, entidade responsável por conduzir o acordo, além de parte da diretoria do grupo Equatorial Energia.

“Em toda nova concessão, levamos o que aplicamos no estado anterior. Temos uma empresa que necessita de muitos investimentos. Então dentro dos próximos 3 anos vamos iniciar investindo R$ 1 bilhão. [...] Acreditamos no futuro do Amapá”, comentou o CEO do grupo Equatorial Energia, Augusto Miranda.

Pacote social

Além da garantia do fornecimento adequado da energia elétrica no estado, a empresa garantiu o compromisso de estabelecer uma série de benefícios à população menos assistida, segundo Góes.

"A responsabilidade social foi bem estabelecida pela empresa, incluindo o número de tarifas sociais que deve dobrar, além de outros programas de segurança energética, que devem ajudar os mais pobres a comprar produtos novos para ter um melhor uso da energia, como a distribuição de geladeiras que deve iniciar ainda neste ano, para a população mais carente. E uma série de outros braços sociais da empresa", informou o governador.

Segundo Marcos Pereira, ex-diretor-presidente da CEA, o Amapá passa a ter uma agência reguladora para fiscalizar serviços que passam pelo processo de privatização, como a água, saneamento e eletricidade.

"O estado contará também com uma agência reguladora fiscalizando essa empresa e possibilitando que qualquer impacto econômico sobre a tarifa possa ser bem discutida, não impactando o consumidor", acrescentou.

Sobre a CEA

Fundada em 1956, a CEA tem 65 anos de atuação e controle da distribuição de energia elétrica para o estado. O novo investidor recebe a companhia em meio a uma intensa crise, com série de apagões. O primeiro, em novembro de 2020, deixou os consumidores com falhas na eletricidade por mais de 20 dias.

O Ministério de Minas e Energia (MME) considerou essa uma das mais desafiadoras concessões.

A CEA, concedida à Equatorial Energia pelo período de 30 anos, recebe um aporte inicial de R$ 400 milhões, que devem ajudar a renovar equipamentos e estabelecer outras melhorias para o fornecimento do serviço.

Mais R$ 3 bilhões devem ser aplicados ao longo de 30 anos, que segundo a empresa, significam “melhoria na prestação dos serviços”.

A privatização da CEA integra o Programa de Parcerias e Investimentos (PPI) é uma iniciativa do Governo Federal que busca reaquecer a economia e estimular a geração de empregos através da concessão de serviços.

De acordo com Waldez Góes, a concessão garantiu a transposição dos empregos do quadro atual de colaboradores e ainda deve gerar mais oportunidades em 2022.

Avalie este item
(0 votos)

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Tendências

Tweets Recentes

@GoldSeagar Mr. Werner Rydl?😁
Peixe boi evoluído e já saindo da água. https://t.co/Rlxgs7VkKU
Auditoria nas contas da Seguradora Líder, responsável pela gestão do seguro DPVAT, questionou uma série de procedim… https://t.co/CUEoWfoDZ6
Follow Juliano Cunha on Twitter

Foto Notícias

Operação em 4 estados prende criminosos que roubaram avião no Amapá para transportar drogas

Laranjal do Jari: Caesa prevê normalização do sistema de água para esta sexta, 3

III TCE Na Comunidade No Vale Do Jari

SENAC abre vagas em 20 cursos gratuitos EAD para fazer de sua casa com direito a certificado de conclusão; veja como se inscrever

Tarifa Social vai pagar 100% da conta de energia de famílias carentes. Confira como vai funcionar

Em Laranjal Do Jari, Polícia Civil Prende Em Flagrante Homem Que Descumpriu Medida Protetiva De Urgência

Adolescente de 17 anos é morto em Vitória do Jari

Pará pode ser divido para criar o novo estado de Tapajós

Em laranjal do jari, polícia civil prende dois homens em flagrante por tráfico de drogas e apreende skank e cocaína